Sobre o Movimento

Movimento ApunCultura

Todo encontro pode ser poético. E por que não? A reunião de estilos, técnicas e sensações, unidas pelo mesmo sentimento poético, sempre dará frutos ao homem e a sua arte.
A semana da arte moderna, os gloriosos anos 60 e 70 – e seu tropicalismo no auge – serão sempre lembrados pelos cordões umbilicais que nutriram diferentes tipos de artes e artistas para as suas épocas e que até hoje nutrem novas gerações. O cinema dialogando com a pintura, um poema inspirado pelo teatro, a cenografia que inspira versos lindos de um compositor. Que usufruirá depois através da música. A fotografia radiográfica que capita todo esse sentimento poético.
Nós, homens ultramodernos, estressados por tanta modernidade e individualismos que tecem as suas próprias redes intelectuais, negligenciamos o poder da união. A união que soma, parte a parte, sem nenhum valor único para cada uma delas. Cada artista, com o seu cada qual. Egos, valores e intelectualismos acadêmicos. O valor em ver a própria bunda.
Em contrapartida, não existe mais um ponto que diferencia o artista do não artista. Todos nós já estamos embutidos de poesia. Basta um pouco de consciência e prática para expo-lá. Basta um tratamento generalizado ao povo.
Um tratamento “medicinal-artístico”, semelhante à técnica milenar chinesa de acunpultura. Pequenas agulhas, em regiões específicas, aliviando a dor, o dano causado pela ausência da compreensão artística. Uma técnica de relaxamento intensivo e generalizado!
“Movimentar-se é arriscar, é tentar, fazer, correr atrás do que se trata. Trataremos então da arte em movimento. Da arte que cura.”
Queremos um coletivo que movimente a roda cultural, a engrenagem que faça a máquina artística funcionar! Toda aglomeração de idéias é saudável à cabeça. Precisamos de cultura para viver!
O movimento ApunCultura precisa de nós para sobreviver!
Rio de Janeiro, dia 15/11/2010
Braulio Coelho.

Movmento Apuncultura

Acupunturismo – Técnica Milenar chinesa para relaxamento com agulhas;

ApunCulturismo – Técnica para relaxamento com as artes.

Como sobreviver ao mundo mundano ? viver é uma arte ! Enquanto houver poesia, haverá vida ! Reflita. O homem se vê inserido neste materialismo espiritual decadente.  São muitos os remédios que curam, as religiões que salvam e o dinheiro que alivia as nossas retinas da rotina dolorosa. O que sobra, é apenas o cadáver vivo dos homens-atlas que carregam todos os dias o peso do mundo nas costas.
Aqui, somos todos médicos e pacientes. Cientes de nossas condições humanísticas. Doutores sem doutorados; curandeiros artísticos; operários místicos que trabalham para a comunhão do infinito; alquimistas em busca do ouro interior, tentando transformar cotidiano em poesia. Somos poesitivistas porque acreditamos na poesia positiva, que salva. A mesma poesia que se torna uma arma para atacar um sistema ou uma sociedade é a mesma que pode curar uma civilização do vírus tecnológico desta realidade sempre reversível.
Injetemos teatro em nossas vidas; poesia em nossas palavras, pinturas em nossos olhos. Faremos da vida a mais pura obra de arte. Curar-se é uma necessidade e movimentar-se é um ato de coragem.  Movimentaremos para encontrar a cura!
Cultivemos os espíritos sessentista, o espírito modernista e toda a amalgama do passado e do futuro que constituem o presente. O presente que um dia se foi e o presente que um dia virá.
Somos muitos em prol de um único objetivo. Cada um de nós, contribui à sua maneira para todo o coletivismo.
Fazendo o possível e o impossível  para não deixar o sentimento poético padecer nas garras do pragmatismo da vida cotidiana.
Breno Coelho
18/11/10

movimento.apuncultura@gmail.com

 

Os ApunCultores!

Breno Coelho

Daniel Paes

Braulio Coelho

Roberto Costa

A Cena!

Fotografia de Jéssica Guimarães Andrade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s